Ajude o blog á crescer,no momento temos esse número de visitantes:

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012


De tanto cair,
a gente aprende a derrubar!

No facebook



O Meu Estranho Mundo da Imaginação agora pode ser acessado via Facebook. Basta clicar em seguir e você recebe diariamente as notícias e textos postados aqui no blog.Tudo que você pecisa fazer é clicar AQUI e então seguir o blog no face.
Alguns textos colocados lá são antigos e não temos mais aqui no blog.Então,aproveitem.
Um beijo á todos e bom divertimento!


domingo, 30 de dezembro de 2012

Autor desconhecido

"Com o tempo tudo vai mudando, abandonamos hábitos, deixamos de gostar de alguns filmes, paramos de ler alguns tipos de livros... Muitas vezes deixamos de fazer até o que realmente amávamos fazer, nos perdemos no tempo, nos perdemos em nós mesmo, nos perdemos na confusão da vida.."

"Muito embora aconteça espontaneamente, apaixonar-se não é acidental - não existem acidentes na vida espiritual, só padrões que ainda não reconhecemos. Todo amor baseia-se na busca do espírito. O amor romântico trata-se de duas pessoas vendo o espírito uma da outra."

~Deepak Chopra


"E ela era dele. Era dele enquanto suas almas se misturavam, enquanto o silêncio gritava dentro dos seus olhos. Ela era dele, nos momentos em que ele não a dei...xava cair. Nos momentos em que ela o segurou também.
Ela era dele. Seu coração e seu corpo eram dele. Não porque o precisava... Ela era dele de um querer sem posse, de um amor sem amarras. Ela era dele, assim como ele era dele. De coração para coração.
Ela era dele simplesmente porque não conseguiria ser de mais ninguém."

Thais Mozert

Música: O melhor remédio que existe!
Você é livre para fazer suas escolhas.Mas é prisioneiro das consequências.
-Paulo Neruda
Se você gosta DAQUELA pessoa,
lute por ela.Afinal,o nome dela veio á sua mente,não foi?

sábado, 29 de dezembro de 2012

Os segredos de uma amizade - Parte 6




Quarta-Feira, 19 de setembro de 1993
-Encomendei o bolo já!
-Ótimo!E o vestido,vai pegar hoje?
-Sim,de noite.
-Ótimo!A decoração do salão ta pronta?
-...Sim,mas...Porque está tão preucupada agora? Ontem mesmo nem ligava.
-Acho que fui muito chata.Vem,vamos terminar essa escova que os meninos estão esperando.

Lucy deu os últimos retoques em meu cabelo e então saímos.Quando chegamos ao cinema,lá estavam Renée e Renan.

-Caramba,que demora á de vocês!
-Estamos esperando á quase uma hora.
-Desculpe! Desculpe! - Resmunguei.

Renée e Renan,estudavam comigo e eram meus melhores amigos.Lucy não gostava muito deles,mas fazia um esforço.Saía conosco de vez em quando.

-Espera...-Lucy me segurou.-Quer dormir lá em casa depois do seu aniversário?
-Hm...pode ser.Depois a gente vê isso.
Ela fez cara feia,
-Sim ou não?
-Depois Lucy...
-Sim...ou não? -Ela apertou mais forte o meu braço.
-Ok, Tá,eu vou.Que desespero é esse?

Lucy deu um sorrisinho de alívio,entrelaçou seu braço no meu e entramos na sala do filme.

#Continua

Mais um ano

        

  Foi apenas mais um ano que passou.Só mais um ano de muitos que viram.Esse foi mais um ano onde você errou muito e aprendeu mais ainda.
           Talvez as pessoas chamem de "ano novo" para poderem pensar em um novo começo.Sim,é isso.Ficamos cansados de reclamar de como tudo está ruim,mais ai vem o "novo ano" e é como se tudo se renovasse,tudo novo,novas chances,novas pessoas...O que as pessoas não enchergam,ou apenas não querem enchergar,é que nao há nada de novo.Mesmas contas para pagar,mesmos erros para cometer,mesmas situações para reclamar...
Não são exatamente as mesmas coisa,mas são elas,vividas de outra maneira.É a vida continuando.Não teve um ponto final no último dia do ano.Nem sequer uma vírgula.Só continua,continua,continua...
           Mas não vou ser pessimísta,vou conhecer novas pessoas,vou comprar novas roupas,vou ter novos amores,novos amigos...E claro,o blog vai ter novos leitores,novas postagens,vou até mudar o papel de parede para iniciar o "novo ano".

Para todos vocês,um feliz ano novo cheio de saúde,paz e blá blá blá.


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Uma outra versão que PSY fez de Gangnam Style ( Feat.Hyuna )

De volta ao blog



Felizmente meu computador foi concertado.Porém,tudos os textos que tinha feito para o blog,as imagens,e coisas legais...bom,sumiu tudo.
Tentaram recuperar,mas não deu.E eu perdi meu pen-drive,onde tinha pelo menos metade de tudo.Perdi minhas trocentas musicas, videos,fotos...

Enfim, mas vou sobreviver.Pelo menos estou com o Pc concertado. Amanhã volto com alguma coisa pra vocês.
XOXO

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Lindo! Sz


segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL

Boa noite á vocês!
Estou aqui por três motivos hoje:
Primeiro: 
Desejar um perfeito natal para todos vocês, cheio de realizações e presentes é claro.Que tudo de bom se multiplique em vossas vidas.  Amo todos vocês!
Segundo:
Eu fiz um texto para vocês sobre o natal.Na verdade era uma carta ao Pappai noel, porém,estava no meu computador e ele pifou.Não salvei nem no noot nem no pen-drive.Então ele sera postado depois.Vou tentar recuperar.

Terceiro:
Desculpem-me,mas vou precisar ficar uns dias sem postar.Como eu disse meu PC pifou e meus extos e imagens estavam todos lá. Espero que cmpreendam.
Beijos e até logo!
XOXO


sábado, 22 de dezembro de 2012

Rotulada não


Tentei agradar ás pessoas mudando a cor do meu cabelo.Eu tentei chamar a atenção usando maquiagem.Eu quis usar as mesmas roupas para não me apontarem.Fiz franja igual á todas para ficar na moda igual a elas.Deixei meus tênis e bermudas de lado,porque meninas não usam isso, segundo elas.Fiz de tudo para minha barriga não parecer grande perto delas.Disse para meus amigos que o futebol no fim da tarde teria que rolar sem mim agora.Desmarquei a tarde de video-game com minha melhor amiga,porque elas queriam fazer compras naquela tarde.Eu coloquei unhas postiças,porque “menina de unha ruida é ridículo”.Bem,foi o que elas disseram. Eu estva sendo controlada.E como uma tola,não percebia. Depois eu simplesmente percebi que se elas não me aceitavam como eu era,se eu tinha que ser rotulada como elas,se eu tinha que deixar meus outros amnigos de laod por causa de garotas desse tipo...era melhor viver do meu jeito,com meu futebol,skate,fones de ouvido,melhores amigOS,bermuda,enfim...feliz.

Rotulada não, Letícia Pontes

Eu cresci e aprendi



Escrevi textos,compus musicas,chorei,chorei mais, sofri,sorri,cai,levantei, sonhei,planejei, menti,iludi,fugi,tentei,julguei,acreditei,me iludi, enfim,eu cresci.Eu mudei,eu esqueci tudo que me corroeu.Tudo que me fez mudar veio de você,e eu só tenho a agradecer.Por todas as lágrimas quederramei,todas as vezes que me enganou.Eu aprendi.Desta vez eu sei,não tem mais volta.Não tem mais erro,não com você.Você ainda acha que sou louca,apaixonada por você.Mas não meu querido,eu agora sou feliz,pro não ter caido completamente na sua.Eu já tinha ouvido xconselhos suficientes para dar o fora, mas eu não queria,quis quebrar a cara prinmeiro.Mas valeu a pena.Eu agora entendi,como eu devo agir com idiotas como você.

Eu cresci e aprendi, deLetícia Pontes

O mistério das Quatro


-Filha essa é a casa de praia que vamos ficar,seu quarto é o la de cima, da para ver o mar e todo o lado esquerdo da praia.
-Ótimo.- A garota subiu ao segundo andar e abriu a grande porta do gigante quarto. Lindo!Perfeito.A janela, enorme dava para ver o mar,a praia...e uma casa.Uma outra casa de praia,á mais ou menos dois quilômetros de distancia.

-Mãe, sabe quem mora naquela casa de praia?
-Que casa?
-Uma toda escura lá do outro lado-a garota apontou.
-Não va lá.
-Porque?
-Tem uma história estranha sobre aquela casa.
-Que história?
-Filha, você já tem 16 anos não vou contar histórias para dormir.
-Não é isso.Só quero saber.Ou se não,eu mesma vou lá.
-Não vai.
Permaneceram em silencio,a garota não ia desistir de saber da história.
-Ok, vou contar, é uma história meio sinistra que meus avós me contaram algumas vezes.

"Quatro adolescentes tinham em mente viajar no inverno para uma casa de praia, só as quatro.Tinham apenas 16 anos e por isso seus pais não queriam deixar elas sozinhas.Na época só existia essa única casa de praia aqui.Era tudo muito deserto.Seus pais ofereceram uma outra casa de praia,mas era essa que elas queriam.A deserta.
Elas então fugiram de casa em uma noite chuvosa e vieram de táxi para a casa que tanto queriam passar o tempo.As garotas tinham uma fama de populares,porém,não eram como nesses filmes onde as populares eram todas patricinhas.Elas eram meio góticas,mas não eram tristes e deprimidas, só andavam todas de preto,ou roxo.Eram sempre alegres e vivas.
O taxisita apenas ás deixou lá e então foi embora.
Dois dias depois, quando os pais delas estavam muito preucupados e desesperados pelo retorno delas,foi que decidiram agir.Foram os quatro casais, que eram todos amigos,á casa onde as meninas queriam estar,só podia ser lá o destino delas.Porém,ao chegarem, nenhum sinal das meninas, nada.Elas não estiveram lá.A casa estava muito empoeirada,nada tinha marca de pegadas,ou maos,nada.Elas nunca estiveram na casa de fato.
Uma semana depois, elas estavam na mídia,fotos,cartazes,panfletos,rádio,TV...Em todos os lugares falavam do desaparecimento delas,eram filhas de famoso médicos,artistas,engenheiros...Todos procuravam por elas. O taxisista certo dia foi a polícia dar seu depoimento,e ele dizia que lembrava que tinha deixado-as em frente a casa, e antes de partir de volta na estrada, viu quando todas se sentaram á beira do mar.Não levavam malas,nada,só as roupas do corpo.
A polícia envestigou a área da praia em frente á casa.Encontraram pegadas de quatro pessoas,e eram pegadas de saltos.As pegadas levavam diretamente para dentro da água.Nada mais foi encontrado."


A mãe da cgarota se levantou da cama e fez mensao em sair do quarto.

-Boa noite filha.
-É isso?Essa é a história?
-Como?
-E o final? Tipo, acaba ai?
-Sim, não souberam mais nada desde então.Filha, é uma história antiga,ninguém sabe se é verdade.
-Porque sua vó mentiria?
-Eu não disse que elamentiu.Só acho tudo muito estrnho.Não se aproxime daquela casa.
-Mas eu queria...
-Me prometa... -a mãe interrompeu- que nunca vai naquela casa.
A garota exitou, não podia prometer,sabia que não iria cumprir.
-Eu prometo.




P.S.: A história será continuada no mês que vem.Seram episódios mensais.

Música do dia


Já cantaram essa música pra mim.Eu acho ela linda e viciante.Letra muito parecida com sei lá, comigo.MAs é masi como eu ajo geralmente. Vocês com certeza já conhecem:
Djavam - Se

Diário da Pamela




Quinta, 21 de julho de 2011

Quando acordei,na quinta, tinha uma mensagem d príncipe:
"Tenho medo de que você não me queira"
Era só o que dizia.
Eu me arrumei rápido,e peguei carona com o meu pai.Eu já tinha planejado o que faria para descobrir se realmente era o Marcos.Apesar da certeza quase absoluta.Eu não deixei a Ka me achar,queria ficar sozinha.Procurei o Marcos por toda a escola,só faltava o banheiro masculino.Não.Eu não entrei.Na verdade nem pensei nisso.Estava passando pela frente e vi ele saindo.Me escondi rápido numa sala.Bom , na verdade eu me joguei dentro de uma sala.Cai de bunda no chão.Sorte que só tinha uma garota.Segui ele,até um local.Era uma parte da escola,um corredor,poucas pessoas iam para lá era da turma da noite,só  gente velha.Então era organizado e vazio.Em um canto ou outro tinha um casal e olhe lá.Ele pegou o celular e discou algum numero.Foi bem quando meu celular tocou.Sorte que estava no silencioso.Era o príncipe.Conhencidencia não?Eu atendi:
-Alô!
-Oi princesa!
Era ele mesmo.Eu estava perto o bastante para ouvir tanto a voz no telefone quanto ao vivo.Eu fiquei pasma.Era realmente ele.E eu não estava abismada.Nem decepcionada.Eu fiquei...feliz, eu acho.Não sei o que eu exatamente o que eu senti na hora.
-Alô...ainda esta ai?
Eu não respondi.Deliguei  e quando me dei conta já estava parada atrás dele.Ele olhou para o celular:
-Desligou?
Eu ainda estava atrás dele,dois passos de distancia.Ele se virou rapidamente,e claro deu de cara comigo.
-O que você está fazendo aqui?-ele quase gritava.
-Era realmente você?
Eu não sabia se ria,se chorava, se brigava com ele...Eu ainda não tinha caído na real.
-Realmente eu?O-o que eu era?
-Não só era como é.Você é o príncipe.
-Você é doida.- Ele saiu bem rápido e foi para a sala dele.
eu gaseei a primeira aula.Pela primeira vez.Fingi estar passando mal no banheiro.Mas,acabei indo para casa.Passei a tarde ligando pro celular do Marcos,esqueci o outro,que era para ser do príncipe.Nada.Fui dormir cedo.

Os segredos de uma amizade – Parte 5





Corri em desparada a bati violentamente no portão repetidas vezes.As risadas sessaram de imediato, e o que supus ser fogo, havia sumido derrepente. Continuei chamando por Lucy e finalmente ela abriu:

- Que droga, já disse que não vou com você!
-Anh...não é isso...
-O que é então? Experimentar vestido?Comprar balões?brigadeiros?Seja o que for,eu não vou.Você não acha que já está grandinha demais para uma festa de aniversário não?

Ela me deu uma olhada,provavelmente esperando por respostas mas como não me pronunciei ela simplesmente fechouo portão.E eu,fiquei ali parada com um enorme e complexo ponto de interrogação estampado em meu rosto.
#Continua


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Virada do ano


Claro que esse mês o que não pode faltar é alguns modelos perfeitos de roupas para a sua virada.
Amo vestidos e saias por isso eu trouxe aqui só esses modelos.São poucos,mas eu não preciso ficar dando dicas de moda até porque eu não entendo de moda. Agora, espero que gostem,beijinhos!

XOXO


Parabéns você fez tudo certo.Realmente um garotinho muito esperto.Só errou porque eu descobri... Yeah
Por quanto tempo você achou que iria me enganar? Eu não sou tão boba,Então você já pode parar.
Continue escrevendo as suas musiquinhas, Quem será a próxima a acreditar? Te vendo assim como você é,
Nem me dá vontade de chorar.Acho que você se confundiu,E errou de profissão Porque você não larga os palcos, se é tão bom na atuação?
Quando ele te mandar flores, Não se iluda, você não é a única.Quando ele escrever canções pra você a minha dica é correr.Ele vai fazer você acreditar Que ele nunca está,Porque tadinho ele é tão ocupado Mas logo você vai perceber Que deve ser mesmo difícil Arranjar tempo pra todas e pra você.
Parabéns você fez tudo certo,Dessa vez passou muito perto. Eu já estava começando a acreditar uh,É difícil imaginar Que existe alguém assim Ainda bem que eu descobri Pra dar logo um fim.Continue com essa cara de bonzinho,Prometo que muitas ainda vão cair.Será que quando você pensa nisso você ri?Continue no seu mundinho colorido Iludindo as pessoas sem se arrepender.Mas agora eu sei a verdade E todo mundo vai saber.
E eu bato palmas pra você,Não deve ser tão fácil enganar alguém assim.Você já deveria saber Que eu não sou tão tonta Quanto elas devem ser.

Manu Gavassi - Você já deveria saber

Cortinas e Chaleiras


Sentei na minha cama, olhei paraos lençois frios, tão sem graça.Andei calmamente para a mina acozinha.Que cozinha!Aquele escuro me deixava pior, mas era como eu preferia.Aquela bagunça...Aquele calor...Tudo me destruindo,me arrasando.Não sei se é a solidão , a distancia de tudo,da familia, dos amigos,essa coisa de morar sozinha.Ou se é tudo culpa sua,da sua ausencia,da sua partida.
Só não consigo mais abrir as cortinas e não me lembrar de você.Você detestava que eu abrisse as cortinas logo cedo.Engraçado como ás mantenho fechadas desde o dia que você se foi.Só não consigo mais ouvir o apito da chaleira e lembrar de você, que fingia ser uma música e pedia pra dançar comigo.Quantas vezes o vizinho veio reclamr do barulho,do apito da chaleira.É.Saudades né?Não sente? É...você não snete.Por isso mesmo que você se foi.Agora abre as cortinas para outra, agora você dança ao som da chaleira com outra.E eu...só acordo e escrevo textos que me lembram você.

Cortinas e chaleiras, de Letícia Pontes

domingo, 16 de dezembro de 2012


Cansei dessas 'amigas' que acham que por eu ser diferente,ter esilo diferente,sou inferior a todas elas.Ou as vezes acham que estou querendo ser superior.Cansei,só quero distancia delas.Só quero mante-las longe de tudo que acredito.Porque sou diferente,porque penso diferente,porque ajo diferente de todas acham que tenho que ser descriminda.Cansei.
Por esse e muitos outros motivos digo que meus melhores amigos,são todos homens.Sou mais eles, que são sinceros e me dizem o que preciso realmente ouvir.
Falsidade passe longe por favor,obrigada!

Falsidade alheia, de Leticia Pontes

Eu sabia que esse dia ia chegar
Eu tô rindo sem saber o que falar
Suas palavras já não fazem disparar meu coração
O que aconteceu?
Eu já nem sei se dou risada ou sinto dó
Antigamente minha garganta dava um nó
Cada segundo só me prova que acabou
Me diz então, o que aconteceu?
Eu mudei,
Eu cresci
Finalmente aprendi,
Que entre nós não tem mais nada a ver
E o que a gente faz, se nem raiva eu sinto mais?
Acho que eu posso te dizer,
Desculpa eu cansei de você
Você se declara e isso já virou normal
E eu dou risada, sabe, pra não pegar mau
Eu já nem reparo muito no que você diz
Agora eu sei,
O que aconteceu
Você acha que eu ainda gosto de você,
Como eu acho um jeito educado de dizer?
Que eu tô em outra, e meu bem não é você
Agora eu sei,
O que aconteceu
Não precisa nem se preocupar
Porque não vai
Adiantar
OoOoOoO
Eu mudei,
Eu cresci
Finalmente aprendi,
Que entre nós não tem mais nada a ver
E o que a gente faz,
Se nem raiva eu sinto mais?
Acho que eu posso te dizer...
Que eu mudei,
Eu cresci
Finalmente aprendi,
Que entre nós não tem mais nada a ver
E o que a gente faz,
Se nem raiva eu sinto mais?
Acho que eu posso te dizer,
Desculpa eu cansei de você

Cansei de Você - Manu Gavassi