Ajude o blog á crescer,no momento temos esse número de visitantes:

domingo, 21 de abril de 2013

Café



Nada podia piorar. Havia acabado de levar um fora do meu namorado e minha melhor amiga me trocou por outra.Meus pais morando do outro lado do país e minhas notas pendentes na faculdade.
Entrei naquele café.Era o lugar preferido dele.Pedi o de sempre. Eu estava sozinha em um ponto de encontro.
Observei todos os casais ali,os de sempre.Desejei que tivessem mais sucesso no lance amoroso.Mais do que eu tive pelo menos. Melosidade em peso.E eu sozinha. Todos idiotas,dividindo o mesmo café,só para ficarem mais próximos.Que besteira.Eu fazia isso,e hoje estou sozinha.
Meu café frio, minhas lágrimas quentes.

Como se tivessem ouvido meus pensamentos,um casal discutiu. Ele encontrou mensagens suspeitas no celular dela.Hum.Nada legal.Mesa ao lado,eu pude ouvir tudo.Ela era uma tremenda vaca,e ele o boi chifrudo. Eu sorri com o baita fora que ela levou.Ela merecia. Ela saiu,ele baixou a cabeça.
Levantei e caminhei até a mesa ao lado. Uma nova história amrosa para mim, novos cafés,novas lágrimas.

Café , de Letícia Pontes

2 comentários:

Leticia Karen disse...

Nossa que texto maravilho Lêeh 'O'
Eu adorei

Letícia Pontes disse...

Obrigada Lee!