Ajude o blog á crescer,no momento temos esse número de visitantes:

sexta-feira, 9 de novembro de 2012


Não podiam fazer, ninguém conseguia, porque sempre alguém dizia, que era impossível.
Mas ela não sabia, vivia m seu mundo interior e de fone de ouvidos e não ouviu quando disseram ser impossível. E ela tentou, porque não. Ela conseguiu. Ela tirou o fone de ouvido e então e escutou alguém dizer que aquilo era impossível, que ninguém conseguia, e ela caiu, não estava mais voando. Olhou para os lados, tentou gritar que tinha feito, mas estavam todos ocupados, ocupados dizendo o quanto era impossível, que só em filme acontecia. Ela então percebeu que tinha sonhado que nunca alguém poderia voar, isso não existia, era só cosia de filme.
Mas o que a garota não sabia é que se ela nunca tivesse tirado os seus fones, ainda estaria voando, ela teria ido á qualquer lugar. Mas ela tirou.

Fones de ouvido, de Letícia Pontes



Um comentário:

Leticia Karen disse...

Muuuito bom ! Ja li algo parecido, é mt emocionante isso